top of page
  • Tatiana Mattos

Ordem e harmonia no lar e na mente

A arte da organização


A organização é de fato uma sabedoria, ensinada de pais para filhos, de um amigo para o outro ou é aprendida na prática mesmo, até que entendemos sua importância e sentimos um grande prazer em ter e colocar a vida em ordem. Podemos falar sobre a casa, as roupas, os papeis, mas também sobre as contas, os compromissos, até as emoções.


Arrumar é diferente de organizar. Arrumar está relacionado à estética e pode ser efêmero e impessoal. Por outro lado, organizar também envolve a beleza, mas inclui uma estrutura lógica para que seja também funcional, permanente e personalizado.


Por isso, listamos algumas orientações para a arte da organização da sua casa que podem auxiliar enormemente no sentimento de domínio de sua própria vida e no ganho de tempo, agilidade e alegria.


A casa deve ser fácil de limpar e organizar

Você já sentiu que não dá conta de gerenciar a sua própria casa? Que ao pensar em organizar um cômodo sente uma angústia grande e o pressentimento de que o trabalho será infinito.

  • Tenha apenas o que cabe em sua casa, aceite a limitação de espaço e trabalhe dentro de sua realidade financeira.

  • Estoque apenas o que seja necessário e gerencie bem a reposição, a frequência com planejamento da rotina de alimentação, limpeza ou escolar, por exemplo.

  • Compre o produto do tamanho que você pode guardar. Muitas vezes a confusão começa quando algo não cabe. E por que não medimos o espaço destinado antes de comprar?


Defina o objetivo de cada ARMÁRIO

Defina uma lógica funcional para cada armário. No caso da cozinha, por exemplo, separe por altura os itens mais e menos usados, de preferência a proximidade da pia os itens que devem ter fácil acesso.

  • Separe os itens por tema e deixe os juntos, se possível, em uma caixa ou recipiente que delimite o espaço.

  • Organize os itens por tamanho, isso facilita a praticidade de encontrar cada coisa quando necessário.


Cada coisa deve ter seu espaço definido

A maior dificuldade na hora de organizar a casa é ter que pensar aonde cada coisa será guardada. Por isso, é fundamental já ter o espaço definido para cada objeto. Assim, deve ser guardado no lugar permanentemente.

  • Fácil de saber aonde está e aonde guardar;

  • Se não achar um espaço, crie-o;

  • Não empurre, aperte ou soque algo para que caiba mais.


Não deixe suas posses conduzirem a sua vida

Tema fundamental para ser trabalhado na organização da casa, do escritório e das emoções. A falta de consciência sobre o que realmente precisamos para nossa vida pode esbarrar nos sentimentos de apego, medo e manias. E muito destes conteúdos psicoemocionais são completamente inconscientes, ou seja, não percebemos nenhum destes aspectos em nossa personalidade.


Caso tenha dificuldade em trabalhar este assunto, consulte um profissional da área que possa auxiliá-lo com acompanhamento de um psicanalista ou psicólogo.

  • Há quanto tempo você não usa este objeto?

  • Você realmente precisa dele?

  • Ele faz parte do que você é e precisa hoje ou remete à algo do seu passado ou do seu futuro?

  • Você se sente bem quando usa ou sente-se mal?


Individualidade x coletividade

Outra grande dificuldade na organização é quando não apenas se perde o tema de cada armário, como a manutenção de espaços individuais. Claro que grande parte dos armários é destinada à coletividade da família, mas a ausência de espaços individuais pode gerar uma sensação de dependência, sufocamento ou descontrole.

  • Deixe bem claro os espaços da família e os individuais;

  • Compreenda as necessidades de cada morador e defina prioridades.


Como criar espaço nos armários

Não tem como não citar a renomada organizadora japonesa Marie Kondo, reconhecida por seu método de seleção, dobra e armazenamento na vertical e em caixas (de variados tamanhos). E não é de espantar que sua origem japonesa explique a busca pela organização em espaços muito pequenos.


Ou seja, é possível multiplicar os espaços pelo tipo de dobra e armazenamento. Vale a pena conferir!

  • Armazene na vertical ao invés de horizontal;

  • Usufrua de caixas cestos e itens organizadores, de acordo com o tamanho necessário.


Além de estar organizado, o ambiente deve parecer organizado

Para que não pareça subjetivo, do tipo "eu organizei, mas não parece", a ordem realizada deve ser visível.

  • Mantenha clareza visual;

  • Se necessário, utilize adesivos ou marcadores para identificar o local de cada item .


É sabido que a organização e a desorganização dos pertences, da casa ou da mesa de trabalho refletem de forma sutil e profunda uma desorganização interna, mental e emocional. Nossos pertences atuam como um reflexo de nós mesmos neste mundo material.


Por isso, o processo de organização necessariamente envolve uma revisão de conteúdos internos e permite redescobrir a capacidade de gerenciamento dos próprios sentimentos e pensamentos, e abre uma grande janela para a gerencia da vida, independentemente da situação de vida de cada pessoa.


A organização depende da capacidade de aceitação, resignação, disciplina e alegria. E isso pode mudar completamente a visão de mundo de forma muito positiva.
 

Informações e orçamentos sobre consultoria de organização, contate-nos | Organização



Comments


bottom of page